• Facebook
  • Twitter
  • LinkedIN
  • Google Plus
  • Portugues
  • Espanhol
  • Ingles
Abrir empresa nos EUA | Contabilidade nos EUA | Investir nos EUA

US : +1 (305) 824-9100 | BR : + 55 (11) 3957-1612

Como abrir uma empresa nos EUA | Investir nos EUA | Imposto de Renda nos EUA
Como abrir uma empresa nos EUA | Investir nos EUA | Imposto de Renda nos EUA

Pricipais Dúvidas e Desafios Enfrentados ao Abrir Empresa em Miami

Como qualquer cidadão estrangeiro que tenha tentado abrir empresa em Miami sabe, o processo pode ser bastante complicado e frustrante devido ao complexo esquema regulatório envolvido em tudo, até mesmo garantir que você obtenha os vistos corretos para desenvolver uma boa compreensão dos negócios.

Devido à nossa profunda experiência com clientes internacionais, estamos familiarizados com as configurações de negócios nos EUA por estrangeiros e as questões legais que eles enfrentam.

Portanto, podemos efetivamente ajudar nossos clientes com tudo. Desde pedidos de visto até a criação de planos internos de opções de ações para garantir a conformidade com as leis locais e federais.

Nossos anos de experiência nos ensinaram que há seis problemas frequentes que empresários estrangeiros possuem. Confira quais!

1. Como estrangeiro querendo abrir empresa em Miami, devo solicitar um certo tipo de visto?

abrir empresa em miami

Sobretudo, há duas opções disponíveis para você. O primeiro é o visto E-2, ideal para estrangeiros que pretendem abrir empresa em Miami.

Dessa forma, para se qualificar, você deve:

  • Primeiramente, ser um cidadão legal de um dos países do tratado
  • Ter investido ou estar atualmente envolvido no processo de investir nos EUA
  • Além disso, você deve investir uma certa quantia (US $ 100.000 é geralmente considerado o mínimo), e
  • E por fim, você deve planejar retornar ao seu país de origem assim que o visto expirar.

A segunda opção é o visto EB-5. Este é menos rigoroso sobre os requisitos de nacionalidade. Mas requer mais dinheiro adiantado: US $ 1 milhão (ou US $ 500.000 para investimentos em áreas de emprego específicas e áreas rurais). Você também deve criar pelo menos dez empregos em tempo integral.

Como estrangeiro, que tipo de entidades de negócios posso escolher? Existem limites?

Se você não for cidadão americano ou estrangeiro residente, não poderá registrar uma corporação S. Então, aconselhamos nossos clientes a registrar uma corporação C.

Isso também permite às empresas a liberdade de simplesmente abrir uma filial de seus negócios nos EUA sem ter que estar totalmente sediada lá.

Mesmo se você for um residente estrangeiro, em alguns casos, uma corporação C ainda é aconselhável, especialmente quando você deseja buscar financiamento de risco em um momento posterior.

As corporações C são uma plataforma de investimento mais atraente. Principalmente para os capitalistas de risco que buscam levantar fundos no futuro.

As empresas estrangeiras que desejam operar nos EUA carregam cargas tributárias mais pesadas?

Este é um assunto complexo, que você deve sempre discutir com seu consultor legal, já que existe uma área cinzenta em torno dos impostos associados à venda e alienação de imóveis por empresas estrangeiras, juntamente com outras receitas que a Receita Federal possa decidir que “efetivamente conectado ”ao seu negócio.

Em resumo, seus negócios serão tributados na mesma proporção que as corporações dos EUA. São 35% atualmente em todas as receitas relacionadas a esses negócios.

As empresas C estão sujeitas a dois níveis de impostos, um no nível da entidade e outro no nível do acionista (mediante a distribuição de lucros). Você também deve estar ciente de que as corporações dos EUA são taxadas em sua receita global.

Quais leis da jurisdição minha corporação precisa aderir para abrir empresa em Miami?

abrir empresa em miami

Geralmente é preciso aderir às leis de cada jurisdição em que se conduz negócios. Portanto, você deve permanecer em conformidade com as leis dos EUA e com as leis do país estrangeiro, onde planeja acumular investidores, empregar pessoas ou realizar negócios.

Ao longo deste processo, há algumas questões-chave que você deve garantir que sejam totalmente cobertas, notavelmente as seguintes:

  • Certifique-se de que sua propriedade intelectual esteja protegida por lei em cada jurisdição. Dessa forma você terá direitos totais de propriedade.
  • Cumpra todas as leis locais de trabalho e emprego.
  • Passe a aderir a todas as leis de privacidade de dados em cada jurisdição.
  • Comece a agir de acordo com a Lei de Práticas de Corrupção no Exterior dos EUA. Esta lei supervisiona a conduta de empresas dos EUA em jurisdições estrangeiras.

E quanto às leis que cercam os funcionários e sua remuneração? Há algum especial que as empresas estrangeiras precisam estar cientes?

Assim que você começar a configurar seu negócio, você deve analisar a conformidade regulatória dos EUA relacionada à remuneração do empregado.

Planos de opções e concessões de ações são regidos por leis estaduais e federais relevantes. Por isso, algumas dessas disposições podem ser aplicáveis ​​a funcionários estrangeiros e também àqueles que podem se mudar para os EUA em uma data posterior.

Você também deve certificar-se de que todos os funcionários e contratados independentes que trabalharão com sua empresa assinem um contrato de atribuição de propriedade intelectual antes de executar qualquer trabalho para sua empresa.

Conclusão

abrir empresa em miami

Esse artigo é uma lista de algumas das complicações que você deve levar em conta ao abrir empresa em Miami.

Se você é um cidadão estrangeiro que procura expandir seus negócios nos EUA e requer assessoria jurídica sobre estes e outros assuntos, entre em contato com um de nossos consultores para aprender mais sobre nossa prática e descubra como podemos ajudá-lo a abrir empresa em Miami!